Hospital Federal de Ipanema é conectado à Rede-Rio em alta velocidade

  • Posted on: 27 April 2021
  • By: RedeRio
Dentre as Instituições afiliadas a Rede-Rio, os Hospitais ganharam uma priorização devido ao momento de enfrentamento da pandemia da COVID-19. Desde o final do ano passado, a RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa) e a FAPERJ têm atuado, através da Rede-Rio, na ativação de novas conexões para os Hospitais Federais na região metropolitana do Rio de Janeiro.
 
Neste momento estão sendo integrados à Rede, e os Hospitais Federais do Andaraí (em processo final de ativação) e Cardoso Fontes (em processo de definição do trajeto para conectividade). Recentemente, o Hospital Federal de Ipanema foi ativado. O relacionamento da conectividade dos Hospitais é feito por meio do DATASUS, unidade de informática do Sistema Único de Saúde do Brasil, SUS, que atua como órgão gestor do Ministério da Saúde para coleta, processamento e disseminação das informações sobre saúde no país.
 
O Sr. Jorge Luiz Gonzaga, Chefe da Divisão de Administração do Parque Tecnológico do DATASUS, comentou que a recente instalação dessa conexão no Hospital Federal de Ipanema terá impactos na elaboração e na difusão de informações e dados de saúde. Ele acrescentou que o Hospital Federal de Ipanema (HFI), vinculado ao Ministério da Saúde, oferece serviços de média e alta complexidade em saúde pública e é uma referência em diversas especialidades. No campo da saúde, essa conexão de alta velocidade permite o desenvolvimento de novos projetos, e podemos manter o enlace anterior como redundância ao novo.   
 
O presente trabalho realizado pela Rede-Rio/FAPERJ, contribui também para o estímulo à produção de trabalhos científicos na área da saúde pelo Centro de Estudos e Aperfeiçoamento do Hospital Federal de Ipanema (CEA/HFI), responsável pela implementação da política de desenvolvimento do Programa Nacional de Residência Médica na unidade. 
 
Cabe destacar que na Rede-Rio oferece conectividade a diversas instituições que têm atuado de forma permanente no enfrentamento da pandemia. Entre elas estão: a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Hospital Federal de Bonsucesso, Hospital Federal da Lagoa, o Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (referência de enfrentamento da COVID-19 para o Estado Rio de Janeiro), Hospital Federal dos Servidores do Estado, os Hospitais Universitários da UERJ, da UNIRIO e da UFRJ e o Hospital Central do Exército. Além disso, outros hospitais de referência também estão conectados, como: Instituto Nacional do Câncer (INCA), Instituto Nacional de Cardiologia (INC), a Rede de Hospitais Sarah e o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO). Importante registrar que os Hospitais Municipais estão também conectados à Rede-Rio pela parceria da Redecomep-Rio (FAPERJ e RNP) com a Empresa Municipal de Informática (IPLAN-Rio), fortalecendo o enfrentamento exigido nesta crise sanitária.